www.flickr.com
|

quarta-feira, março 22, 2006

Protesto

Esse é um blog de moda, não de política, mas não dá para deixar passar em branco a violação do sigilo bancário do Francenildo, o caseiro que desmascarou a mentira do Ministro Palocci.

O ministro afirmou na CPI que nunca havia frequentado uma casa alugada por seus amigos, de uma tal "República de Ribeirão", que era utilizada para atividades de lobby e para receber "amigas" do grupo, "fornecidas" pela cafetina-mor Jeane Mary Corner. O Francenildo afirmou ter visto o ministro várias vezes na tal casa de saliências e com com isso provou que o ministro mentiu perante a CPI. O caseiro teve seu sigilo violado e sua intimidade pessoal exposta ao país inteiro.

Você não tem que gostar de política, mas pense se uma coisa dessas acontecesse com você, com seu pai, com seu amigo... É uma vergonha para o país, para a Caixa Econômica que permitiu a violação e agora alega não saber quem o fez, e para seus cidadãos, que abaixam a cabeça numa circunstância como esta.

Abaixo post do Blog do Noblat, o melhor blog de política do país.

------------------------------------------- Cortem as cabeças!

Não basta que a Caixa Econômica Federal (CEF) assuma a responsabilidade pela violação do sigilo bancário do caseiro, e que o governo decepe a cabeça do seu presidente, Jorge Mattoso, homem de confiança da ex-prefeita Marta Suplicy. É preciso ir além e responder a várias perguntas. Uma delas: quem soprou à direção da CEF que o caseiro tinha uma conta-poupança lá? São milhões de correntistas, pois não? A violação da conta ocorreu enquanto o caseiro estava na Polícia Federal se inscrevendo no programa de proteção à testemunha e, para tanto, fornecendo todos os seus dados, incluindo o cartão de correntista da CEF. O jornalista Marcelo Netto, principal assessor de comunicação de Palocci, teve algo a ver com a quebra do sigilo do caseiro como acreditam nove entre dez membros da CPI dos Bingos? Por que o líder do governo no Senado, Tião Viana (PT-AC), e o senador Sibá Machado (PT-AC) souberam com antecedência e espalharam na tarde da última sexta-feira que viria bomba contra o caseiro Francenildo? Quais foram os mandantes do crime contra o caseiro? Como operou a cadeia de comando? Quem mais participou dela? Os métodos usados contra o caseiro já foram empregados antes pelo PT. Quem garante que aqueles que forem deixados à sombra agora não voltarão a agir?

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home